Diário de um homem só!

Junho 30 2009
 

Tenho o hábito de juntar objectos inuteis, crendo que um dia (não sei quando!), irei necessitar deles!
Tenho o hábito de juntár dinheiro, só para não o gastar, pois penso que no futuro poderá fazer-me falta!
Tenho o hábito de guardar roupa, sapátos, móveis, utensilios domésticos e outras coisas do lár que já não uso há muito tempo!

E dentro de mim?

Tenho o hábito de guardar zangas, ressentimentos, tristezas, medos e coisas mais!

Mas jamais o farei novamente!

Vai contra a minha prosperidade!
É preciso deixar um espaço, um vazio, para que coisas novas chegem à minha vida!
Preciso de me desfazer de tudo o que é inútil em mim e em minha vida, para que a prosperidade chegue!

A força desse vazio, é o que absorverá e atrairá tudo o que desejo!

Este material está emocionalmente carregado de sentimentos velhos e inúteis,não terei espaço para novas oportunidades.
Os bens precisam de circular.....
Limparei os armários, as gavetas, o quarto de arrumos, a garagem...
Doarei tudo aquilo que já não uso!
A necessidade de guardar um montão de coisas inúteis só atranca a minha vida.
Mas não são os objectos guardados que estancam a minha vida, mas o significado da atitude de guardar!
Quando se guarda, se considera a possibilidade de falta, de carencia. Se crê que amanha poderá faltar, que não se terá maneira de cobrir essas necessidades!
Com esta ideia estou a enviar duas mensagens ao meu cerebro e à minha vida, que não confio no amanhã e que o novo  e o melhor não são para mim, por isso me alegro guardando essas coisas inúteis.
Por isso!
Vou-me desfazer do que já perdeu cor e brilho, vou deixar entrar o novo a minha casa e a mim mesmo!

Não guardarei, farei circular!

Para que a prosperidade, a paz e o amor depressa chegem a mim!


 

publicado por vilinhas às 16:39
Tags:

mais sobre mim
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26

28
29


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO